Deborah Evelyn: 'Sou mais livre sexualmente aos 50 do que era aos 20'

Consegue dormir feliz e deixar-me neste dilema. Serei eu mais azedo que a laranja-lima? Por que é que o meu marido procura outras e me deixa aqui? Vesti-as e fui ao espelho. Estava magnífica. Toda eu era fruta madura.

Procuramos mulher 511122

Veja também:

Vivendo símbolos da independência emocional feminina e da sexualidade depois dos 50, Deborah tem ajudado a quebrar certos paradigmas sobre o prazer na maturidade feminina por meio da dramaturgia. O que ela tem mostrado na tela dialoga com sua vida pessoal. Sente-se restante livre sexualmente do que aos 20 anos. Além do aspecto feminista, de a gente estar conseguindo cada vez mais se colocar, é a de entender que nosso desejo é interessante, que precisamos falar dele sem vergonha. Homens começam a aprender a se masturbar meninos, o pai ensina.

Notícias relacionadas

Declarar Pin 1. Enviar WhatsApp 0. Enviar Messenger 0. Enviar Telegram 0. Tweetar 0. Author Dentro da Tradição. Quanto dar meninas e meninos para a igualdade. Para construirmos um universo com restante paridade de oportunidades e respeito, é preciso indicar esses valores para as crianças desde cedo. Ela único precisa de auto-estima, autoconfiança e personalidade.

Leave a Reply

Your email address will not be published.*