17 fatos impressionantes a respeito do amor

Pode ser o seu cachorro esperando você chegar em casa ou o bilhetinho que a pessoa amada deixou embaixo do seu travesseiro. Pesquisas recentes dizem que o que conta é a linguagem corporal, o tom e a velocidade da voz. Mais até do que é realmente dito. Antes de mergulhar de cara na próxima caixa de remédios, experimente abraçar a pessoa que você ama e trocar carinhos com ela, assim você vai produzir o hormônio ocitocina, envolvido nos processos de criar laços interpessoais. Pesquisas recentes descobriram que uma dose de ocitocina é capaz de aliviar dores de cabeça significativamente, sendo que em alguns casos a dor vai embora completamente depois de quatro horas. Viva a medicina do amor! Quando uma pessoa sente demais a ausência de outra, o cérebro produz substâncias químicas capazes de causar dor no peito e falta de ar, tanto que, muitas vezes, o diagnóstico é de ataque cardíaco. Por outro lado, pessoas com baixos níveis de serotonina se apaixonam e têm relações sexuais com mais facilidade do que as outras.

Garotas procuram relação 535925

Spoiler: hormônios como ocitocina e a serotonina criam um vínculo emocional gigantesco

Romances que sobreviveram ao tempo, resistiram a distâncias e se renderam ao reencontro. De voz serena, Alma conta que conheceu Paulo na adolescência. Ela aos 14, e ele aos 19 anos. Os dois se viram pela primeira vez em um show, no qual a banda dele tocaria.

Leave a Reply

Your email address will not be published.*