Participação feminina no mercado de trabalho

No entanto, ainda representa uma parcela menor se comparado ao masculino. Além disso, falta muito para que sejam capazes de dividir o espaço com os homens. Como isso funciona em sua empresa? Elas eram educadas e instruídas a serem protagonistas no lar, em que exerciam o papel de zelar pelo marido e filhos. A partir do séc. XIX, essa ideia começou a ser combatida. Elas puderam começar a entrar no mercado de trabalho apenas com o acontecimento das I e II Guerras Mundiais — e — Isso aconteceu porque as mulheres precisaram assumir algumas funções que eram exercidas pelos homens que no momento foram enviados para o combate. As mulheres passaram a ter voz mais ativa quanto às suas necessidades e direitos.

Mulheres busca 485696

Histórico das mulheres no mercado de trabalho

As mulheres dedicam-se tanto ao trabalho quanto o homem e, quando voltam para casa, instintivamente dedicam-se com a mesma intensidade aos afazeres domésticos. Segundo ele, essa seria a fórmula ideal para garantir a longevidade da empresa, com elevados padrões de qualidade e concorrência. Pode-se verificar que o período de foi decisivo para as mulheres [ A abertura de oportunidades econômicas para as mulheres em uma economia em crescimento pode ser parte da resposta. Dentro de todo esse contexto o que se podia esperar é que grandes mudanças uma hora iriam ocorrer, porém, o que se viu na maioria das vezes é que as mulheres casadas costumam se virar carregando o duplo fardo de velhas responsabilidades domésticas e as novas responsabilidades no emprego.

Leave a Reply

Your email address will not be published.*