Mostrando 1 - 12 de 195

Participaram da pesquisa 15 mulheres entrevistadas por Alencar e 15 mulheres entrevistadas atualmente, entre 20 e 30 anos, casadas, sem filhos e da classe média. Foi perguntado como elas imaginavam o futuro dos relacionamentos amorosos em geral. We gave priority to qualitative data analysis Delval, Esse modelo, no entendimento de Del Priorecomeçou a passar por modificações no fim do século XX. Além do mais, no início deste século, percebe-se a existência de uma diversidade de modelos de relacionamentos amorosos orientando as condutas dos sujeitos.

Meninas solteiras ou 669533

Mais Recentes

A segunda, o ideal da boa parentela — como se ter o próprio nome do parceiro simbolizasse compromisso e unisse o casal e filhos em potencial como uma coisa só. Esses elementos, diz Duncan, passaram a trabalhar parte do pacote de casamento quimera para muitos casais. Até mesmo algumas das que inicialmente se recusaram a adotar o sobrenome do marido mudaram sua identidade após o parto. Ela acreditava que isso pudesse evitar também problemas administrativos, por exemplo, ao viajar para o exterior com o pequeno. Desprezo ao feminismo? Mas elas abriram esse precedente no início, dizendo: 'Você é mais importante do que eu, você vem primeiro e eu em segundo', argumenta.

Leave a Reply

Your email address will not be published.*